Gol suspende voos entre Congonhas e Pampulha

Redação 04 de fevereiro de 2018 • 14:23 Aviação no Brasil
Foto: Redação
Se você está utilizando o celular, clique aqui para ver a imagem e este site corretamente na versão mobile

A partir de 25 de março, os voos da Gol Linhas Aéreas que ligam o aeroporto de Congonhas ao terminal da Pampulha com escala em Juiz de Fora, não estarão disponíveis para compra.


De acordo com o site da empresa, a venda está suspensa a partir dessa data. O possível motivo para a suspensão da venda, são os vários questionamentos judiciais contra a operação de voos de "grande porte" no terminal da Pampulha. Como somente no dia 25 de março o Tribunal de Contas da União (TCU) decidirá o mérito que discute a liberação desses voos no terminal da capital mineira, acredita-se que a Gol aguardará a decisão da corte. Também há uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) impetrada pela BH Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte/Confins, questionando a liberação da Pampulha para jatos comerciais.


Além dessas duas demandas no TCU e no STJ, recentemente a associação de moradores do bairro Planalto e adjacências, protocolou uma representação junto à promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público Federal em Minas Gerais, solicitando a suspensão dos voos.


Os voos da Gol no terminal da Pampulha iniciaram no dia 22 de janeiro e o equipamento utilizado é o Boeing 737-700.


Apesar do sistema da Gol Linhas Aéreas não mostrar os voos para reserva a partir de 25 de março, em nota a empresa informou que se trata apenas de uma instabilidade no sistema, não confirmando a suspensão da rota. Mas que nesta segunda-feira (05/02), novas informações serão repassadas.

Notícias Relacionadas